Histórico


Histórico

Sociedade Ginástica Ijuí (Sogi)

A história do Clube que, desde 1898, é sinônimo de cultura, lazer e uma vida feliz

Depois da criação da Vila Ijuí a comunidade teve necessidade de um local para reuniões sociais. Visando a necessidade, em 23 de outubro de 1898 foi fundada a Sociedade D’Agricultura. Essa sociedade recebeu da administração colonial, dois terrenos, onde, em 1903, foi construída a primeira sede.

Em 1904 houve treino para os primeiros ginastas e em 1905 se formou o primeiro grupo teatral da entidade. A sociedade, além de atender atividades esportivas, recreativas e culturais procurava auxiliar em instruções agrícolas. Em novembro de 1906 formou-se a Sociedade de Cantores com o objetivo de apresentações em igrejas, funerais e festivas, sendo Presidente: Jacob Vontobel. Em 1911 construiu-se um palco para apresentações regulares. Em 15 de novembro de 1914, pela necessidade da época, formou-se a Sociedade Ginástica e o primeiro grupo de ginastas olímpicos que foi presidido por Richard Schimmel e instruídos por Paul Helmann. Nesta época era atleta Bruno Oscar Weinert que seria Presidente mais tarde. Em 1919 foi construída nova sede. Em 2 de outubro de 1921, sob o nome de Liga Ginástica e Cantores, houve a fusão das três Sociedades: D’Agricultura, Cantores e Ginástica. De 1921 a 1928 foi instrutor de Ginástica Olímpica Theodoro Richter organizando também o grupo feminino. Em 1922 houve a fundação do grupo de Bolão chamado Segunda-Feira. Já em 6 de setembro de 1925 o Grupo de Tênis Ijuí foi formado com o patrocínio do Clube Football Ijuiense. Logo após, em 1928, outro grupo de Bolão surgiu - Os Futuristas. De 1929 até 1942 assumiram como instrutores da Ginástica Olímpica: Maria e Rudolf Schroeter, casal vindo da SOGIPA.

Neste período a ginástica olímpica começou a florescer com campeonatos regulares auxiliados por Ulrich Löew e Kurt Funck. Nas décadas de 30 e 40 destacaram-se os atletas: Germano Wegermann, Marcos Kunz, Edgar Mueller, Gustavo Geiss, Carlos Hocevar, Evaldo Kirst, Clemente Stelzer, Afonso Barz, Otto Stobaeus, Miro Michaelsen.

Em 13 de maio de 1935 houve nova fusão e a sociedade viu-se enriquecida, em seu patrimônio, com a doação de uma quadra inteira que é a atual quadra da SOGI, doada pelo Grêmio Football Ijuiense conforme consta nos estatutos art. 108 de 11 de outubro de 1968. O nome que prevaleceu foi Liga Ginástica e Cantores.

Durante a 2ª grande guerra a sociedade fechou as portas tornando-se Quartel do 1º G do 4º R.A.D.C. Só em 27/05/1942 reabriu com o nome “Clube Comercial”, Rua Álvaro Chaves esquina com 15 de Novembro sendo Presidente o Dr. João Barcelos de Souza, Promotor Publico, cuja atividade conciliadora muito contribuiu para acalmar os ânimos. O Clube Comercial substituiu o nome de “Liga Ginástica e Cantores” sendo publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande Do Sul em 10 de agosto de 1942. Em 1944 o Clube Comercial tem sua nova sede. A prática da ginástica voltou ao normal de 1946 a 1950 com a orientação de Waldemar Deckert e a participação dos atletas: Edgar Mueller, João Probst, Waldemar Deckert, Herbert Zoellmer, Emanuel Matt, Volkmar Reuvsaat, Roland Dombrowski, João Kuhn, Otto Schneider, Gerda Maier, Hedi Maier, Helga Reimann, Gisela Dombrowski, Bertha Kelm, Erika Sahlberg, Sulmira Holliver, Edelburg Broadzinski, Alice e Ally Follak, Clara Weinert, Waly Schwabe, Alma Eberle e Adiles Würich. Já em 22 de dezembro de 1946, em assembleia, foi aprovado o projeto da nova sede da Rua Benjamim Constant esquina com a Rua 25 de Julho, que é a atual Sogi. O marco da pedra fundamental foi em 10 de maio de 1950, assinatura do contrato em 01 de março de 1951 e a duração da execução da obra se estendeu por cinco anos havendo a inauguração em 30 de abril de 1955.

Em 28 de dezembro de 1950 o nome Clube Comercial é substituído por Sociedade Ginástica Ijuí. A empresa Pauli, Costa & Cia foi a construtora da obra e o arquiteto responsável foi Siegfrid Bertholdo Costa. A Comissão de Construção teve como Presidente Leopoldo Hepp, Vice-Presidente: Bruno A. Matte, Tesoureiros: Bruno Fucks e Eugênio E. Schunemann, Secretários: Edgar Rick e José Francisco Sabo, colaboradores: João Evaldo Kirst, Sólon Gonçalves da Silva, Eugênio Michaelsem, Bernardo Gressler, Leopoldo Pauli, Reinoldo Brendler, Ulrich Löw, Antonio Bresolin, Carlos Nemitz Fº, Werner Naport, Oscar Muhlbach, Oscar Hoerlle, Frederico Sperling, Roberto Müller, Henrique Gressler, Afonso Eidt, Guilherme Siedler, Arno Sommer, Lothar Friedrich, Arno Glitz, Burkhard Feix e Adolfo Walter Cristmann. Em 1951 e 1952 o departamento de Ginástica Olímpica teve a orientação de Alfredo Cristmann participando do Campeonato sul brasileiro por ocasião do jubileu de prata da Sociedade Ginástica Navegantes São João de Porto Alegre. Enquanto a construção seguia foi vendida a sede da Rua Álvaro Chaves para a 1ª Igreja Batista do Brasil cujos lotes eram: nºs 622, 623, 625, 626. O negócio foi efetuado em 19/09/1952 entre o Pastor Oskar Horn e o Presidente da Sociedade Ginástica Ijuí: Bruno Oscar Weinert. A programação de inauguração durou de 30 de abril de 1955 a 29 de maio de 1955 com torneios esportivos, festa popular, programas musicais, apresentação de ballet, ginástica e bailes.

No baile de encerramento dia 29 de maio de 1955 foi coroada Rainha do evento a Srta. Astrid Michaelsen. Em março de 1958 iniciaram-se as atividades da Ginástica Olímpica sob a coordenação de Otto Schneider estendendo-se até 1973 assessorado pelos instrutores voluntários: Markus Kunz, Emanuel Matt no masculino e Lois Wentzel no feminino. Otto, Markus e Emanuel já eram nossos antigos atletas, porém, Lois Wentzel, de Coronel Barros, foi ginasta campeã estadual de ginástica olímpica e de florete pela Sociedade Navegantes São João de Porto Alegre. Em 1967 a SOGI contava com 223 atletas em competições regionais, estaduais e nacionais. Os medalhistas desta época foram: José Osvaldo de Oliveira, Luiz, Dalton, João, Newton e Jorge Panichi, Paulo O. Krampe, Helio Bauer, Edmar Deckert Ney Rangel Claudio Traut, Osmar Matte, Bruno Hass, Geraldo Hass, Bernardo Jabrowski, José Medeiros de Oliveira, João A. Motta, Erno Felske, Egon Esch, Nelson Soller, Clovis Fernandes, Norberto Schneider, Walter Cristmann, Waldemar Degelmann, Waldir Zimmer, Renato Martins, Alfredo Schumann, Solon Gesse Bohrer, Carlos e Fredy Schumann, Danilo Guimarães, Rolf Strey, Inge e Celia Hass, Heloisa Bos, Alice Lorenzen, Pedro Darcy Oliveira, Antenor Bonfin, José Sczemanski, Vilmar Soares, Paulo Brendler, Jairo Domingues, Regis de Souza, Carlos Fagundes, Ilson Pizzutti, Iro Pizzutti, Ibrain El Ammar, Ronaldo Schneider, Pedro e Luiz Schneider, Gilson de Azevedo, Gelson Coracini, Waldir Schulz, Horst Nachtigall, Leopoldo Schonardie Filho, Gutemberg do Prado, Telmo Höher, Lorena Cossetin, Maximiliano e Odo Kunz.

A Sociedade Ginástica Ijuí atendia as atividades esportivas de ginástica, atletismo, tênis, bolão, jogos esportivos e outras modalidades de educação física e judô e as atividades recreativas como: bailes, leituras de jornais, livros, teatro, jogos lícitos, conferências, concertos, cantos orfeônicos, festas sociais, e outros divertimentos.

Em 1983 começa a funcionar o Restaurante do Natal - Natal Flores dos Santos - como mais uma opção e serviço para a comunidade social. Em 20 de maio de 1985, houve a Instalação Solene e Oficial da UNIJUÍ realizada no Salão Nobre da SOGI com a presença do Ministro da Educação MARCO MACIEL.

Em 06 de abril de 1994, o Clube de Caça e Tiro Ijui foi incorporado à SOGI numa operação de doação. Os 21 sócios receberam da SOGI o titulo de sócios Patrimoniais Extraordinários. Na incorporação a Sociedade Ginástica Ijuí apenas teve a despesa de Escritura Publica de Doação Nº 10.539 lavrada pelo Oficial Distrital de Dr. Bozano (parágrafo único, art.104) dos Estatutos de 29/01/1998 e registro da propriedade.

Este clube foi fundado em 11 de março de 1950 e registrado em 18 de novembro de 1952 em Cartório Especial. È situado na RS 155, Km 04, nas proximidades da ponte sobre o rio Potiribú, filhado à Federação Gaúcha de Caça e Tiro, Av. Protásio Alves, 2959, Cj, 202, Petrópolis, Porto Alegre, com área total de 33.447,95m². Tem como meta promover a caça, tiro ao vôo, (ao prato), e alvo, cooperar com a defesa da classe e defender a ecologia. Na doação foi acertado que, além de ser uma área campestre da SOGI jamais a Sociedade poderá abandonar a pratica deste esporte. Em julho de 1994 começou-se a construção do Salão Vip com o Presidente Edgar Gieseler que ficou sobre as instalações da boate Paquetá, estendendo-se para o lado da piscina atual. Em 1995 foi concluída a obra e inaugurada pelo Presidente Ricardo Miron. Em 1996 a equipe masculina e feminina de Ginástica Olímpica coordenada pelo Vice Presidente de Esporte e Cultura Claudio Endruweit e auxiliado pelos instrutores Cezar Flores, Zila Flores e Claudia Mello conquistaram inúmeros prêmios no campeonato Estadual.

Em 29 de janeiro de 1998, nos 100 anos de fundação da S0GI inaugurou-se a piscina e posterior venda de Títulos Patrimoniais. No baile dos 101 anos da SOGI, contamos com a presença da Miss Rio Grande do Sul: Srta. Maria Fernanda Schiavo.

Em 2004, com o Presidente Rogério Kuhn foram recuperados: a sala de musculação, sala de dança, judô, piscina térmica, sauna e banheiros. O projeto dos três últimos itens é do arquiteto Martin Ways. Em 2007, desativaram-se duas quadras de tênis e no seu lugar foram construídos dois quiosques. Nos últimos tempos desenvolveram-se: na área social, Os BAILES DAS DEBUTANTES, a partir de 2004, depois de 9 anos sem essa atividade social incentivados pelos trabalhos do dinâmico Dílson Stein e na coordenação, o casal Joyce e Clovis de Jesus; Os Bailes: BEBENDO ESTRELAS, neste ano, na 3ª edição, coordenados pelo casal Yedo e Elaine Arais e Os Bailes da ABERTURA DA TEMPORADA DAS PISCINAS, sempre com um tema motivador, coordenados pelo casal Maria e Magnus Deckert. O convenio CEAP/UNIJUI/SOGI firmado em 2007 rezava que a SOGI entraria com os instrumentos da Ginastica Olimpica, o CEAP com o deposito dos instrumentos no ginásio de esportes e a UNIJUI com a responsabilidade da didática com os professores Leopoldo Schonardie Filho, Dari Göller, Raone Bianchetti e atleta alemã Felicitas Fiedler. Em 2009 e 2010 os atletas competiram dentro da escala Estadual de Ginástica Artística.

A Sociedade Ginástica Ijuí tem hoje seu registro efetuado sob o numero 59, fls 43 do livro A-1 do Registro Civil das Pessoas Jurídicas desta Comarca de Ijuí. Com todo esse complexo de magnitude e exuberância a SOGI hoje é orgulho para os associados, aos ijuienses e para o município de Ijuí com projeção regional.